Saltar al contenido.

Exposição retrata a pluralidade no ambiente escolar na América Latina e Caribe

29 abril, 2010

Realizada pela CLADE no âmbito da campanha pela não discriminação na educação, a mostra itinerante reunirá 36 imagens, capturadas em diversos países  

  

Foto: Gilvan Barreto. Direitos reservados*.

Dar visibilidade ao tema da discriminação na educação é fundamental para a superação desta realidade. No Brasil, por exemplo, 97% das pessoas reconhecem possuir algum tipo de preconceito em relação a diferentes grupos no ambiente escolar (FIPE). Pensando nisso, de 3 a 29 de maio a CLADE realiza uma exposição fotográfica no Memorial da América Latina. Com o tema “A Educação é um Direito: pela não Discriminação na América Latina e no Caribe”, a exposição tem curadoria da fotógrafa Maíra Soares, que reuniu 36 imagens, clicadas em diversos países da América Latina e Caribe por nomes como o fotógrafo brasileiro Gilvan Barreto e o argentino Néstor López. O lançamento da mostra, no dia 3, acompanha a abertura da 6ª Assembleia da CLADE.  

A realização do direito à educação pela população indígena e afrodescente, por pessoas com deficiência, pessoas em privação de liberdade, adolescentes grávidas e pessoas adultas, assim como os contextos do campo e das periferias das cidades estão representadas através das imagens. Ganha destaque a situação atual do Haiti, país arrasado por um terremoto em janeiro de 2010.  

escola construída pela comunidade do Centro de Refugiados "Villa España", Colombia. Foto: UNHCR/B. Heger

“As imagens mostram cenas cotidianas da vida escolar em diversas partes da América Latina e Caribe, dando visibilidade à realidade de grupos e pessoas que vem sendo sistematicamente discriminadas, dentro e fora da educação. Assim, ao mesmo tempo em que a exposição quer celebrar a diferença, quer também apontar os desafios que ainda restam, mesmo 10 anos depois dos compromissos de Educação para Todos assinados em Dakar, para que o direito à educação seja realizado para todas as pessoas”, diz Camilla Croso, coordenadora geral da CLADE. 

No dia 6 de maio, das 10h às 12h, o evento conta com a participação especial do relator da ONU sobre o direito à educação, Vernor Muñoz, que recebe o público, em especial estudantes e professores/as, para um debate sobre o tema da discriminação na educação.  

Em cartaz até o dia 29 de maio, a exposição é itinerante e será posteriormente exibida em outros países da América Latina e Caribe.  

*Atenção: as fotografias que ilustram esta reportagem têm direitos reservados e só podem ser reproduzidas em textos que se refiram à exposição “A educação é um direito: pela não discriminação na América Latina e Caribe”. 

  

Anuncios
One Comment leave one →
  1. Jumar Adorno permalink
    22 mayo, 2010 23:46

    O ambiente escolar é um dos fatores que mais influenciam na aprendizagem.
    Ao matricular uma criança na escola se espera, acima de tudo, que ela goste e se sinta feliz no ambiente escolar. Pois, para que sejam alcançados os objetivos que a escola se propõe, é necessário que o ambiente seja favorável ao desenvolvimento da criança. A aprendizagem ocorre sob influência de alguns fatores como: o ambiente (que deve ser o mais agradável e acolhedor possível), a relação dos profissionais da escola com a criança e com a família, e por fim, as ferramentas utilizadas no processo educativo. A escola tem a responsabilidade de promover a interação social na vida da criança oferecendo a ela todos os meios para que ela venha a ser um melhor cidadão.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: